Fauvismo: características, obras e artistas

De todos os ismos que emergiram na primeira década do século passado, o Fauvismo pode ter sido o que durou menos. Desde que foi inaugurado com uma exposição em 1905, em 1910 estava totalmente esgotado.

Isso não significa que as obras que foram feitas naquele período lançaram as bases da arte posterior. Mas entre suas fileiras estrearam criadores de estatura e transcendência, como o francês  Henri Mattisse  (1869-1954).

Veja tamb√©m –¬†Decora√ß√£o de interiores e arquitetura com o Estilo Imp√©rio

O cr√≠tico Louis Vauxcelles¬† definiu o Fauvismo como uma palavra que literalmente se refere a um mundo de “bestas”. Mas vamos tentar entender tudo isso por partes.

Características do Fauvismo

O¬†¬†Fauvismo¬†¬†tem suas ra√≠zes no trabalho do p√≥s-impressionista¬†¬†Gauguin.¬†√Č um movimento eminentemente pict√≥rico e, mesmo se quisermos dar mais perfis, focamos nas pinturas a √≥leo.

√Č caracterizado por:

  • Uso da cor de acordo com a t√©cnica do¬†¬†divisionismo. Ou seja, os tons n√£o se misturam na paleta.¬†Eles s√£o colocados puros na caixa ao lado do outro.¬†Os primeiros trabalhos apresentam, por exemplo, no rosto humano, a cor vermelha, verde ou roxa que, em princ√≠pio, s√£o cores estranhas √† carnalidade;
  • Os contornos s√£o marcados, mesmo com uma linha preta grossa, por exemplo, em Blue Nude (1907) de Henri Matisse;
  • Eles rejeitaram por unanimidade o conceito de beleza tradicional.¬†O c√Ęnon foi substitu√≠do pela liberdade expressiva.¬†Devemos lembrar que Freud acabara de definir o inconsciente com o que era um revulsivo na vida intelectual da √©poca;
  • Eles admiravam as express√Ķes art√≠sticas da √Āfrica e da Oceania atrav√©s de um incipiente com√©rcio de arte que come√ßava a surgir nos c√≠rculos de elite de Paris.¬†As m√°scaras, os pergaminhos de tatuagens e a nudez dessas culturas fascinaram esses artistas;
  • A perspectiva, os chiaroscuros s√£o eliminados e, em fases avan√ßadas do movimento, a “decora√ß√£o” das imagens √© reduzida a um m√≠nimo.¬†A luz vem das cores, mas n√£o do jogo das sombras;
  • As formas s√£o simplificadas e o recurso √© feito ao natural, ao primitivo e ao instintivo;
  • Com o uso √ļnico da cor, tenta-se capturar os sentimentos.¬†Para isso, o simbolismo dos objetos √© usado.

Naturalmente, essas características são dadas de uma maneira particular e peculiar em cada um dos principais artistas do movimento.

Fauvismo

Artistas consagrados do Fauvismo

Kasemir Melevitch

Kasemir, que mais tarde evoluiu para a abstração, é o representante russo com a maior projeção. Na França, onde o movimento surgiu e prosperou, foi abraçado por:

  • Georges Braque;
  • Raouel Dufy;
  • Georges Rouault;
  • Albert Marquet.

Henri Matisse

Figura inquestionável da arte do século XX. Junto com  Picasso, pode-se dizer que o Fauvismo começou com Luxe, Calme et Volupté, (1904).

Aqui o pintor francês, com técnicas próximas ao pontilhismo, nos apresenta uma paisagem de cores planas totalmente longe da realidade extra-textual.

O trabalho de Matisse, claramente reconhec√≠vel, nunca abandona os princ√≠pios do movimento.¬†√Č pl√°stico em um sentido extremo.¬†As figuras s√£o planas.¬†A cor √© ainda mais ‚Äúpremium‚ÄĚ, com um uso exagerado.

Os elementos meramente decorativos s√£o eliminados da composi√ß√£o pict√≥rica para focalizar objetos ou representa√ß√Ķes humanas impregnadas de um forte car√°ter¬†simb√≥lico.

A cor é tão consubstancial à dos franceses que, em meados dos anos vinte, sua obra evoluiu para a abstração. Matisse colaborou, ademais, na edição de grandes obras de bibliofilia como as realizadas pela editora Skira.

 André Derain

Controversa, para não dizer outra coisa, foi a vida e a produção de  André Derain  (1880-1954). Além disso, da pintura lidou com a linguagem da cenografia, a dança e os adereços.

Sua evolu√ß√£o, ao contr√°rio de Matisse, n√£o √© considerada “l√≥gica e natural” pelos cr√≠ticos, pois no meio de sua carreira, ele volta a fazer uma pintura qualificada como tradicional.

Derain, dotado de grande inteligência, era um espírito rebelde e provavelmente inseguro. Prova disso foi a destruição de sua mão em grande parte de seu primeiro trabalho.

Maurice de Vlaminck

O menos conhecido deste grupo, o francês Vlaminck (1876-1958), também mostra um claro substrato inter-textual de Van Gogh. De fato, suas paisagens coloridas podem ser confundidas com a estética do pintor holandês. Seu trabalho se concentra na natureza, as tarefas do campo e, ocasionalmente, faz retratos.

Fauvismo

Os fatos mais importantes sobre o Fauvismo

  • O Fauvismo¬†√© um movimento pict√≥rico franc√™s do in√≠cio do s√©culo XX. Podemos dizer que √© o primeiro movimento art√≠stico revolucion√°rio do nosso s√©culo;
  • O nome desse movimento foi dado em 1906 pelo cr√≠tico franc√™s Louis Vauxcelles e vem da palavra “fauvistas”, que em espanhol significa bestas. Foi usado para se referir a um grupo de pintores, devido √† viol√™ncia expressiva revolucion√°ria da cor, aplicada em tons puros;
  • A homogeneidade do fauvismo teve um breve tempo cronol√≥gico, desde que durou apenas dois anos, at√© 1908, de modo que cada artista seguiu seu pr√≥prio caminho;
  • Foi uma rea√ß√£o contra o impressionismo;
  • Fauves acreditava que atrav√©s das cores eles poderiam expressar sentimentos;
  • Eles procuram aumentar o valor da cor em si, rejeitando a paleta de tons naturalistas, usando cores violentas para criar uma √™nfase expressiva maior;
  • Eles usaram uma pincelada direta e vigorosa, com toques grossos, sem misturas, evitando tingir as cores;
  • As figuras s√£o planas, lineares, fechadas em linhas de contorno espessas;
  • Eles renunciaram √† perspectiva cl√°ssica, j√° que modelagem de volumes, luz e profundidade desaparecem;
  • Seus temas s√£o retratos, naturezas-mortas, personagens em interiores, belas paisagens;
  • Eles tinham um gosto pela est√©tica das est√°tuas e pela arte negra africana;
  • Alguns dos precedentes do fauvismo foram causados ‚Äč‚Äčpor Van Gogh e Gauguin, que, fugindo do impressionismo, assumiram uma execu√ß√£o impulsiva e apaixonada, apostando em obras intensamente coloridas;
  • √Č caracterizado por ser est√©tico e sentimental, ligado √†s circunst√Ęncias do momento;
  • Adere √† total liberdade da natureza, unindo arte com vida;
  • √Č mais expressivo que realista;
  • Esse movimento art√≠stico se destaca pela simplicidade;
  • Usa a imagina√ß√£o, misturando o mundo real com o interior mudo;
  • Libera√ß√£o de cor em rela√ß√£o ao desenho exaltando os contrastes crom√°ticos;
  • Eles defenderam uma atitude rebelde, uma vez que h√° uma tentativa de transgredir as normas em rela√ß√£o √† pintura.

Leave a Reply