Arte Egípcia

Arte Egípcia: resumo, conceitos e exemplos

A arte Eg√≠pcia √© uma das est√©ticas que goza de grande popularidade, que desperta fasc√≠nio em praticamente todas as culturas, seja ocidentais ou orientais, devido a particularidades de sua est√©tica, a personalidade que carrega, a grandiosidade das obras, como as esfinges, e o ar de misticismo, mist√©rio, por conter muitas simbologias, segredos, como as constru√ß√Ķes das pir√Ęmides e ser fruto de h√°bitos ex√≥ticos pelo olhar contempor√Ęneo, como a mumifica√ß√£o dos grandes l√≠deres, os fara√≥s, que eram tratados como deuses, a representa√ß√£o do divino andando por entre os mortais.

Veja tamb√©m –¬†Arte da pr√©-hist√≥ria: resumo, aspectos e exemplos

Claro que muito da arte Egípcia resistiu a passagem dos séculos, obtendo alcance universal e se mantendo popular, não só pelo trabalho de historiadores e arqueólogos, mas em grande parte pela imaginação fértil de escritores, ilustradores, diretores, cantores, enfim, os que se enquadram na chamada classe artística que se encantaram e se inspiraram com esta cultura repleta de hábitos peculiares e intrigantes, que serve como um pano de fundo para a idealização de um mundo antigo inexplorado que oculta grandes segredos de natureza fantástica sob ruínas suntuosas.

Dezenas, centenas, milhares de filmes, quadrinhos, s√©ries j√° foram feitas baseadas nesse universo intrigante, e se valendo da est√©tica da arte Eg√≠pcia, e tudo indica que outras tantas surgir√£o, pois o Egito parece ser uma fonte inesgot√°vel de boas hist√≥rias e que virou um g√™nero a parte na fic√ß√£o: h√° est√≥rias de cidades arrasadas em futuro p√≥s-apocal√≠ptico, h√° est√≥rias ambientadas em casar√Ķes mal assombrados ou em cemit√©rios, h√° est√≥rias na ant√°rtica, na floresta, no mar e h√° hist√≥rias no Egito.

Este post exercer√° o papel de falar um pouco a respeito das caracter√≠sticas da arte Eg√≠pcia, para quais ocasi√Ķes as habilidades art√≠sticas eram requisitadas, quais s√£o os elementos que a caracterizam, como eram obtido os recursos para desenvolv√™-la, o simbolismo de algumas imagens e esculturas.

Se est√° interessado em conhecer alguns detalhes desse estilo fascinante, veio para o lugar certo.

Saiba mais sobre a arte Egípcia a seguir.

Arte Egípcia

A religiosidade

O que motivava a realiza√ß√£o de grande parte da arte Eg√≠pcia eram os eventos religiosos, que tinha papel important√≠ssimo na cultura eg√≠pcia, j√° que o fara√≥ era considerado um deus, portanto n√£o existia distin√ß√£o entre religi√£o e Estado, pois nem sequer existia tal conceito, tudo se fundia na figura de uma pessoa que cuidava em demonstrar sua grandiosidade por meio de grandes obras que retratavam a sua vida, as a√ß√Ķes de outros deuses e a vida ap√≥s a morte, al√©m de outras temas.

A arte Eg√≠pcia retratava a vida dos fara√≥s nas pinturas das paredes das pir√Ęmides.

A morte era um tema caro na cultura egípcia, pois se acreditava na imortalidade da alma e que esta poderia sofrer eternamente caso o corpo do falecido fosse violado, por isso a prática da mumificação de corpos e a construção de grandes tumbas de difícil acesso para proteger, pela eternidade, os restos mortais dos deuses, dos faraós.

Características da arte Egípcia

Pinturas

Os aspectos que marcam a arte Egípcia no tocante as pinturas em paredes é a falta de tridimensionalidade. Os egípcios faziam sempre as pinturas em perfil, de frente ou de cima. Eram acompanhadas com textos hieroglíficos, representados por desenhos.

A dimens√£o das ilustra√ß√Ķes n√£o obedecia ao tamanho natural dos seres, pois se baseava em valores hier√°rquicos. Os fara√≥s eram sempre retratados como as figuras mais imponentes, maiores.

Na arte Egípcia de ilustração não é corrente o uso de sombras e as cores são convencionais. A ausência de indicação de relevo também é outra característica recorrente.

Esculturas

No tocante as esculturas, a arte Egípcia dedicou a maior parte de sua produção para a retratação de deuses e faraós.

As particularidades dessas esculturas se resumem em que todas s√£o frontais e n√£o apresentam nenhuma express√£o facial.

Os faraós eram retratados ou em pé, com o pé esquerdo a frente, ou sentados, de pernas cruzadas ou com a mão apoiada na coxa.

Arquitetura

Sem d√ļvida o segmento da arte Eg√≠pcia de maior destaque, devido a suntuosidade, o aspecto monumental das obras, que serviam como uma forma de expressar o poder do fara√≥ e de garantir durabilidade e seguran√ßa, pois muito da arquitetura era voltada especialmente para a constru√ß√£o das tumbas que, como j√° explicado, recebiam tratamento especial devido a cren√ßa da imortalidade da alma e de consequ√™ncias no mundo espiritual em caso de profana√ß√£o de corpos.

Arte Egípcia

Simbologias da arte Egípcia

A arte Egípcia é carregada de várias simbologias. Vamos começar por abordá-las nos referindo as cores usadas com mais frequência por essa civilização fascinante.

  • Branco: a associa√ß√£o com o branco √© a mesma que muitos outros povos fazem e que √© a mais popular ao imaginamos a cor. Na arte Eg√≠pcia representava a pureza, mas tamb√©m a verdade. O branco era obtido com a extra√ß√£o de cal ou gesso;
  • Preto: tamb√©m recebia associa√ß√£o que nos √© comum, a noite, por√©m era usada como s√≠mbolo de morte, que para muita gente tem o tom vermelho como melhor representante. A pigmenta√ß√£o era obtida com o uso de carv√£o;
  • Vermelho: e por falar em vermelho, essa cor na arte Eg√≠pcia representava poder e sexualidade;
  • Azul: s√≠mbolo do rio Nilo e do c√©u. Era obtido por meio do carbonato de cobre;
  • Amarelo: eternidade. Extra√≠do do √≥xido de ferro hidratado;
  • Verde: representava a vida e a regenera√ß√£o.

As esfinges recebiam corpo de le√£o e cabe√ßa humana, pois exerciam papel de guardi√Ķes dos templos em que ficavam posicionadas logo na entrada destes, para afastar os maus esp√≠ritos.

O corpo de leão simbolizava a força enquanto a cabeça, a sabedoria.

As pir√Ęmides foram idealizadas com o formato que t√™m para representar os fara√≥s e suas liga√ß√Ķes com o divino. A base da pir√Ęmide representa o l√≠der e a ponta, a liga√ß√£o com Deus.

Considera√ß√Ķes finais

A arte Egípcia goza de grande popularidade em várias culturas em razão da particularidade exóticas dos rituais e de seus monumentos magníficos repletos de mistérios, riquezas e misticismo. Serviu como inspiração para milhares de obras ficcionais se tornado praticamente um gênero a parte dentro da cultura pop.

Apresentamos as principais características da arte Egípcia, comentando sobre as pinturas, esculturas e arquitetura.

Gostou do conte√ļdo?

Ent√£o curta, compartilhe, avalie.

Sua opinião é muito importante para nós.

Leave a Reply