Guto Lacaz

Guto Lacaz, artista multimídia brasileiro

Guto Lacaz, ou Carlos Augusto Martins Lacaz, é um artista multimídia, cartunista, designer gráfico, ilustrador e coreógrafo que nasceu em São Paulo.

Nascido no dia 20 de setembro de 1948, formou-se em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de São José dos Campos em São Paulo em 1974.

Al√©m de ser um talentos√≠ssimo artista em v√°rios contextos, sua linguagem art√≠stica sempre ir√īnica e bem humorada abrange cria√ß√Ķes com detalhes do cotidiano.

Contudo, √© um importante explorador do mundo das artes tecnol√≥gicas, com trabalhos que transitam da boa m√ļsica √†s telas e manifesta√ß√Ķes art√≠sticas.

Trajetória artística

Sendo este um artista completo, Guto Lacaz passou por v√°rias transforma√ß√Ķes em sua trajet√≥ria, sempre mostrando-se interessado nos mais diversos √Ęmbitos da arte moderna.

Durante seus estudos ainda no colegial, Lacaz criava desenho humorístico, caracterizados como cartoon.

Com um gosto por apreciar como funcionam as coisas, em 1970 formou-se em Eletr√īnica Industrial no Col√©gio Liceu Eduardo Prado, em S√£o Paulo.

Com influ√™ncia dos renomados arquitetos Alvar Aalto, Mies Van der Rohe, Marcel Breuer, Oscar Niemeyer e Walter Gropius, Guto ganhava gosto pelas constru√ß√Ķes elegantes, limpas e sint√©ticas.

Nos anos de 1978 a 1984, leciona as disciplinas de desenho de arquitetura e comunicação visual na Faculdade de Artes Plásticas da Pontifícia Universidade Católica, a PUC, na cidade de Campinas-SP.

Sendo assim, dá continuidade à sua carreira como professor no curso de Arquitetura na Faculdade de Belas Artes, no colégio Iadê também em São Paulo e nos cursos livres de Arthur Cole.

Vale salientar que, durante os anos da ditadura, Guto fazia v√°rios cartuns relacionados ao vi√©s pol√≠tico, enviando alguns de seus desenhos para “O Pasquim”, uma grande revista da √©poca, na qual foi publicado apenas um de seus desenhos.

As artes plásticas, por sua vez, entraram na vida do artista pelo gosto de criar coisas inusitadas e pelos estudos a partir da influência de Dudi Maia Rosa, Carlos Fajardo, Boi e Luiz Paulo Baravelli.

Todavia, como não seguiu carreira como arquiteto, Lacaz seguiu sua trajetória artística através das artes plásticas, onde acredita que tudo que pensa pode vir a realizar.

Al√©m disso, segue sua carreira com suas performances e manifesta√ß√Ķes art√≠sticas at√© os dias atuais, bem como com suas exposi√ß√Ķes culturais.

Guto Lacaz

Guto Lacaz: artes visuais (obras)

Como autodidata em artes plásticas, sua criatividade envolvia aspectos do cotidiano e a arte tecnológica, no sentido que criava gosto do que era diferente. Sendo também um grande apreciador das artes de Banksy.

Suas obras s√£o distribu√≠das em pinturas, m√≥biles de madeira e objetos eletr√īnicos, al√©m de outros objetos inusitados usados em nosso dia a dia.

  • 1974: O Crushfixo – este foi um dos seus primeiros trabalhos como artista pl√°stico;
  • 1981: A maquete Fusc√£o Preto no Acapulco do Drive-In – nesta obra fazia a liga√ß√£o da arte com a m√ļsica vanguardista do compositor Arrigo Barnab√© e, no mesmo ano, a obra Phoenix;
  • 1982: √ďleo Maria, a Procura da Salada –¬†apresentada por uma lata de √≥leo que se desloca em uma bandeja cheia de radares;
  • 1985: Outravitrola;
  • 1987: Muamba;
  • 1991: Carmem – uma pintura com colagem; Ainda no mesmo ano, a obra Ono, homenageando o Arquiteto Walter Ono, criando uma obra baseando-se em uma embalagem de sab√£o em p√≥;
  • 1998: 3¬™ Margem do Rio;
  • 2000: Rel√≥gio para Perder a Hora.

No entanto, algumas obras n√£o possuem data definida de cria√ß√£o, mas vale a pena citar as pinturas aqui: 3 L√Ęmpadas, Submarino nuclear em noite de luar, Homem na escada, Mascote e Hashi.

Em 2005, Guto lan√ßa o livro “Desculpe a Letra”, com diversos de seus desenhos publicados para a coluna da Jornalista Joyce Paschowith na Folha de S. Paulo.

Em meados dos anos 1990, Guto tamb√©m realizou outras ilustra√ß√Ķes em livros, tais como: Livro Crescente de Duda Machado; Num Zool√≥gico de Letras de Regis Bonvicino e o Bal√© dos Shazka’s de Katia Canton.

Exposi√ß√Ķes e performances

Algumas exposi√ß√Ķes e performances renderam v√°rias premia√ß√Ķes ao artista. Sua trajet√≥ria na Art Nouveau resultou em muitos convites para exposi√ß√Ķes coletivas e individuais.

No ano de 1984 realizou a performance “Eletro-Perfomance” com as participa√ß√Ķes ilustres da atriz Cristina Mutarelli, Javier Borracha (arquiteto) e seu irm√£o Nen√© Lacaz.

No mesmo ano tamb√©m realiza a performance “Estranha Descoberta Acidental”.

Em 1987, lan√ßa a “O Executivo Heavy Metal” e, em 1999 o, “Espet√°culo M√°quinas II”.

Guto Lacaz

Exposi√ß√Ķes individuais

As exposi√ß√Ķes de Lacaz come√ßaram em 1982, na exposi√ß√£o de Ideias Modernas na Galeria de Arte de S√£o Paulo, que rendeu diversos convites para outros trabalhos.

Já no ano de 1986, na cidade de Fortaleza-CE, realiza sua primeira exposição individual em uma galeria de arte.

Em 1987, exp√Ķe seus trabalhos na galeria de arte Subdistrito na cidade de S√£o Paulo, Capital.

Assim, depois de quatro anos, apresenta a exposição Cosmo (1991), onde instalou equipamentos que permitiam quem fosse visitar ter a sensação de estar caminhando entre corpos celestes.

No mesmo ano apresenta seus trabalhos na Galeria Documenta, e suas instala√ß√Ķes e videoselos no evento do Ita√ļ Cultural.

A partir de 1993, Guto Lacaz ainda realiza quatro exposi√ß√Ķes individuais: Ideias Mornas na Casa de Cultura de Po√ßos de Caldas (MG); exposi√ß√£o individual na Galeria Luisa Strina; Cosmo: Um Passeio no infinito (PR) e em 2003 na Galeria Circo Bonfim com a apresenta√ß√£o Pequenas Grandes A√ß√Ķes.

Exposi√ß√Ķes coletivas

  • 1979: galeria Nobbe Galery nos Estados Unidos;
  • 1985: em S√£o Paulo, na 18¬ļ Bienal;
  • 1986: em Buenos Aires (Argentina), no Centro Cultural San Martin;
  • 1987: em Paris, no Museu de nome Mus√©s d¬īArt Moderne de la Ville de Paris;
  • 1988: em Toronto (Canad√°) e nos Estados Unidos;
  • 1991: na Venezuela, no Museo de Bellas Artes;
  • 1993: na Funda√ß√£o Athos Bulc√£o no DF;
  • Entre 1994 a 2005, participou de v√°rias exposi√ß√Ķes nos estados de S√£o Paulo e Rio de Janeiro.

Participando de dezenas de exposi√ß√Ķes coletivas, formalizou sua popularidade entre um dos nomes renomados das artes pl√°sticas e multim√≠dias.

Sendo Guto Lacaz um artista curioso, foi premiado diversas vezes por seu talento nato, entre eles o prêmio que marcou seu caminho para as artes gráficas na 1ª Mostra do Móvel do Objeto Inusitado.

Outras premia√ß√Ķes: Pr√™mio Espa√ßo Lumin√°ria, Trof√©u Creme de La Creme, Pr√™mio Novas M√≠dias, Pr√™mio Excel√™ncia Gr√°fica Abigraf, melhor Portf√≥lio Revista de designer Gr√°fico e Melhor Trabalho – O Som da Imagem de Caetano Veloso (entre outros).

Considera√ß√Ķes finais

De certa forma, o artista mec√Ęnico Guto, como costuma se identificar, √© um importante √≠cone para a arte brasileira, visto que suas obras podem ser apreciadas em galerias, al√©m de suas performances que ainda s√£o expressas em pra√ßas p√ļblicas ou eventos culturais.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre o artista Guto Lacaz? Ent√£o curta e compartilha com seus amigos!

Leave a Reply