Arte Tradicionalista

Entenda o que foi a Arte Tradicionalista (ou Tradicionalismo)

A Arte Tradicionalista, diferente de outras categorias de arte, teve seu nascimento indeterminado. Contudo, de acordo com muitos historiadores e artistas, a Arte Tradicionalista j√° estaria presente desde o nascimento de tudo.

Mesmo assim, a Arte Tradicionalista tem um período de termino, sendo considerada apenas tudo aquilo que seja antes dos movimentos modernistas. Com isso, tendo sua cultura bastante criticada no final do século XIX.

Origem da Arte Tradicionalista

O tradicionalismo (ou Arte Tradicionalista) √©, provavelmente, o estilo que abrange o maior n√ļmero de artes. Assim, sendo, de certa forma, a origem dos demais meios art√≠sticos, principalmente dos que est√£o em destaque hoje.

Ao longo do tempo, a Arte Tradicionalista vem sendo alvo de um grande n√ļmero criticas no meio art√≠stico, sobretudo, nas pinturas. Para muitos deles, a Arte Tradicionalista √© considerada ultrapassada, visto os novos movimentos como o modernismo.

Import√Ęncia da Arte Tradicionalista

Devido ao seu longo per√≠odo hist√≥rico, o tradicionalismo abrangeu um grande n√ļmero de t√©cnicas. Assim, sendo respons√°vel pela evolu√ß√£o de costumes de grandes pintores, escultores e arquitetos do seu per√≠odo.

Além disso, a Arte Tradicionalista valorizava um aspecto considerado diferente de outros estilos populas. Nele, os autores apresentavam um equilibro muito grande entre técnica e visão artística.

Com isso, sendo semelhante à arte pela arte que, para muitos, é considerado a essência do meio artístico na totalidade. Assim, representando sentimentos, acontecimentos e personalidades presentes nos próprios autores.

Além de que, grandes pintores tinham um foco em reimaginar ou divulgar algumas culturas de sua época. Portanto, mostrando acontecimentos históricos, em sua parte, de fatos, deixando bem claro a visão de espectador do artista.

Influências da Arte Tradicionalista

A Arte Tradicionalista apresentou grande import√Ęncia n√£o s√≥ na parte representativa. Dentre uma das maiores contribui√ß√Ķes para arte, destaca-se o aprimoramento de t√©cnicas em grandes obras.

Com isso, tendo influ√™ncia direta nos estilos atuais, principalmente devido √† passagem dos conhecimentos entre gera√ß√Ķes. Assim, dando origem a cultura de mestres e aprendizes, algo presente at√© os dias atuais no meio art√≠stico.

Arte Tradicionalista

Reflex√Ķes da Arte Tradicionalista

Apesar de a Arte Tradicionalista ser pouco usada na atualidade, ela faz grandes reflex√Ķes sobre √©poca em seu auge. Dentre elas, o entendimento de cultura que, nos dias atuais, √© algo pouco utilizado por culturas modernistas.

Além disso, o tradicionalismo tinha como objetivo ligar o mundo real a suas obras. Assim, dando uma nova perspectiva de vida e realidade, algo que serviria de grande inspiração para o Cubismo e Concretismo futuramente.

Mesmo assim, a Arte Tradicionalista aproveitava-se de grandes oportunidades para culturas antigas e suas tradi√ß√Ķes, normalmente desprezadas por grande parte dos espectadores.

Cultura da Arte Tradicionalista

De acordo com vários artistas, as artes do tradicionalismo são consideradas de alta qualidade até os dias atuais, principalmente em questão de formas de construção, sendo responsável por avanços na anatomia de pessoas e animais em grandes pinturas.

Al√©m disso, o tradicionalismo mostra a cultura do mestre e do aprendiz no processo educacional. Portanto, preservando seus conhecimentos atrav√©s de uma escolha que, na maioria das vezes, √© de origem pessoal. Com isso, formando um contexto de repassar conhecimentos atrav√©s dos s√©culos, influenciando as gera√ß√Ķes futuras.

Por esse motivo, estudiosos do tradicionalismo acreditam que, até mesmo movimentos futuros como o modernismo, tenha uma forte influência dos meios tradicionalistas, mesmo com sua recorrente oposição.

Fim do Tradicionalismo

Mesmo com sua forte cultura, o tradicionalismo tem uma data de final. Para muitos, esse fato ocorreu no século XX, mas especificamente, em 1922. Assim, sendo considerado tudo antes período como arte tradicionalista.

Mesmo com seu fim, a Arte Tradicionalista ainda é lembrada e estuda até hoje por pintores, escultores e arquitetos. Com isso, tendo influência em tecnologias novas como, por exemplo, a arte digital, grande responsável por diversas obras cinematográficas e medias digitais dos dias atuais.

Com isso, tamb√©m podemos ver a cultura do tradicionalismo presente em diversos pontos da arte p√≥s-modernista. Assim, abrangendo, indiretamente, seus costumes culturais como o mestre o aprendiz, claro, com adapta√ß√Ķes para o atual contexto social.

Pré-Modernismo

No aspecto histórico, o pré-modernismo foi o primeiro a se opor diretamente aos costumes da Arte Tradicionalista. Assim, apresentando milhares de divergências, dando início a renegação total do tradicionalismo.

Nesse per√≠odo, o mundo acabou sendo dominado pelo in√≠cio de uma nova revolu√ß√£o art√≠stica que, para muitos, trouxe uma inovadora perspectiva sobre os meios art√≠sticos. Em especial, para a pintura, que passou por diversas inova√ß√Ķes ao longo dos anos.

Arte Tradicionalista

Arte Tradicionalista no Brasil

No Brasil, o tradicionalismo contou com diversas participa√ß√Ķes historicamente importantes. Dentre elas, a Arte Barroca, conhecida por suas quest√Ķes culturas.

Conduto, a Arte Indígena também já apresentava alguns traços bem comuns no tradicionalismo, como a cultura de Mestres e Aprendizes. Assim, estando presente mesmo antes do período pré-colonial. Ainda assim, esses grupos foram obrigados a aderir a outras culturas, influenciando diretamente em artes e momentos históricos de 1530, ano de colonização.

Arte Barroca

A Arte Barroca originou-se na Itália. Mesmo sem ter uma data específica, a cultura Barroca teve incio ainda século XVIII, utilizando diversas referências em suas obras.

Além disso, a Arte Barroca recebeu grande influência do catolicismo em todo seu período histórico. Com isso, sendo um grande representante da arte com viés religioso.

Mesmo sendo de origem Italiana, o Barroco recebeu diversos espectadores no Brasil devido ao seu processo colonial, principalmente devido a sua forte ligação entre Portugal e a Igreja católica. Assim, obrigando os países colonizados a aderirem aos costumes como a cultura Barroca.

Portanto, a Arte Barroca foi a primeira ligação direta entre povos de origem brasileira e a Arte Tradicionalista, fazendo-o com que aderissem à cultura e costumes das Artes Convencionais

Além disso, o tradicionalismo também esteve presente no Neobarroco Рvariação do Barroco Рque valorizava formas clássicas de fazer arte, referir-se a ensinamentos mais antigos, movimento que tomou muita força na segunda metade do século XIX.

Arte Indígena

Mesmo apresentando diversas diferen√ßas, a Arte Ind√≠gena j√° apresentava a cultura de aprendizado bastante parecida com as artes praticadas na Europa. Assim, repassando seus conhecimentos ao longo das gera√ß√Ķes. Conduto, diferente do tradicionalismo, ainda n√£o estava presente o processo de escolha autoral de quem seria o metre e o aprendiz.

Assim, apresentando conhecimentos repassados de forma igualitária para todos da tribo, algo que, geralmente, não era praticado em outros países da Europa antes da descoberta do Brasil em 1500 e de sua colonização em 1530.

Considera√ß√Ķes Finais

Ao todo a Arte Tradicionalista representou uma grande parte da cultura atual, tendo influenciado diretamente ou indiretamente costumes, t√©cnicas e pr√°ticas ao longo da hist√≥ria. Portanto, sendo considerado at√© hoje um movimento que ser√° lembrado atr√°s muitas gera√ß√Ķes e movimentos contempor√Ęneos.

Leave a Reply