Jean Boulogne

Jean Boulogne, escultor maneirista, nasceu na França e morreu na Itália

Fortemente influenciado pela escultura renascentista italiana e pelo estilo de maneirismo do século XVI. O artista flamengo Jean Boulogne foi um dos maiores escultores do centenário de 1500. Por dois séculos após sua morte, sua reputação ficou em segundo lugar com a de Michelangelo.

Escultor da corte de tr√™s sucessivos gr√£o-duques Medici, sua influ√™ncia na¬†escultura¬†europeia¬†foi imensa.¬†Sua¬†escultura em m√°rmore¬†‚ÄúA viola√ß√£o das mulheres sabinas‚Ä̬†(1581) certamente est√° entre as¬†maiores esculturas de todos os tempos.¬†Mesmo ap√≥s tantos anos, ele continua sendo um dos grandes escultores da¬†hist√≥ria da arte.

O começo precoce de Jean Boulogne

Giovanni Bologna (ou Giambologna) nasceu em Douai, Flandres, como Jean Boulogne em 1529. Desde os 14 anos, ele treinou no ateliê do escultor flamengo italiano, Jacques Du Broeucq (1505 Р1584), onde dominou as técnicas de modelagem e escultura. Ele também absorveu o estilo clássico que o artista havia desenvolvido após estudar escultura grega em Roma.

Jean fez uma viagem de estudo a Roma por volta dos 21 anos, trabalhando em modelos de escultura greco-romana e renascentista.¬†Quando conheceu Michelangelo, este √ļltimo criticou uma de suas obras por exibir um acabamento muito alto, antes que a pose b√°sica fosse completamente estabelecida.¬†Esta foi uma falha caracter√≠stica da¬†escultura¬†do Renascimento¬†do¬†Norte¬†como um todo.

O jovem escultor nunca esqueceu esta lição e tornou-se um criador de modelos de desenhos em cera ou argila enquanto preparava suas esculturas. Vários desses modelos sobreviveram, como os do Museu Victoria.

Durante sua estada na capital italiana, Giambologna ficou impressionado, sobretudo, com a habilidade t√©cnica e anat√īmica dos escultores helen√≠sticos.

Jean Boulogne

A relação com Médici

Francesco di Medici se tornou seu principal patrono, logo quando o modelo de argila em grande escala de Jean Boulogne ganhou v√°rios admiradores. Durante esse per√≠odo, ele criou in√ļmeras obras em 3D para espet√°culos p√ļblicos, estatuetas de bronze e decora√ß√£o para jardins. Isso o tornou popular entre os colecionadores de toda a Europa.

Giambologna inspirou-se nos trabalhos anteriores de Michelangelo e seus seguidores como Tribolo e Pierino da Vinci (1520-1554). Foi assim que desenvolveu um estilo de compor figuras usando uma postura contraposta exagerada muito além da norma clássica. Isso deu vida nova à escultura florentina.

Dessa forma, em 1561, ele completou seu primeiro trabalho significativo para Medici: uma escultura em mármore representando Samson matando um filisteu, como a peça central de uma grande fonte. Tanto o sujeito quanto o tratamento lembram um projeto de Michelangelo da década de 1520, conhecido apenas por vários moldes em bronze de um modelo original de cera.

Algumas das obras mais famosas de Jean Boulogne

Fonte de Netuno

Em 1563, o Papa Pio IV concedeu a Giambologna uma comissão importante para uma escultura de bronze. Esta obra era para decorar uma Fonte de Netuno em Bolonha. A fonte é de design piramidal de Netuno, com uma série de figuras subsidiárias.  Motivos helenísticos são combinados em uma composição brilhante e original.

Merc√ļrio

Possivelmente durante sua estada em Bolonha, Giambologna produziu a primeira de v√°rias vers√Ķes de uma figura de¬†Merc√ļrio.¬†Esta se tornaria sua composi√ß√£o mais famosa. Foi enviada como um presente diplom√°tico dos Medici ao Sacro Imperador Romano em 1565. Uma vers√£o maior em bronze foi lan√ßada mais tarde.

Florença triunfante sobre Pisa

No retorno de Jean Boulogne a Florença, Medici deu-lhe outra missão importante. Dessa vez ele deveria fazer uma grande escultura em mármore, não tão sutilmente intitulada Florença triunfante sobre Pisa.

Estatuetas de bronze

Existem poucos pontos de refer√™ncia na enorme produ√ß√£o de estatuetas de bronze de Giambologna. A maioria era original, pequenas composi√ß√Ķes, em vez de redu√ß√Ķes de estatuetas em grande escala.

Al√©m do¬†Merc√ļrio, mencionada acima, uma alegoria feminina em bronze dourado tamb√©m tem sua assinatura. Esta pode ser considerada, ent√£o, uma de suas primeiras obras-primas.

A composi√ß√£o fechada do eixo espiral dada √† figura √© bastante t√≠pica de Boulogne. Aparece, por exemplo, na estatueta maior de Apolo que ele produziu para o Studiolo de Francesco Di Medici.¬†Al√©m da figura humana, seu repert√≥rio inclu√≠a animais, principalmente cavalos, touros e grupos que mostravam animais atacados por le√Ķes.

Ele tamb√©m esculpiu bronzes em tamanho real de p√°ssaros, que eram usados ‚Äč‚Äčpara decorar grutas e fontes de jardins, tal como:

  • Nos Jardins Boboli de Floren√ßa e Pratolino;
  • As portas de bronze da catedral de Pisa;
  • Entre outros.

Para suas esculturas de p√°ssaros, ele inventou uma representa√ß√£o “impressionista” em cera de sua pluma. Elas foram fielmente traduzidas por moldes habilidosos nas vers√Ķes finais de bronze.¬†Esses seus animais apontaram o caminho para a Escola Francesa de Animaliers do s√©culo XIX.

Jean Boulogne

A oficina de Giambologna

A oficina florentina de Giambologna era administrada por vários assistentes e alunos dedicados, principalmente Pietro Tacca (1577-1640). Foi ele quem sucedeu seu mestre como escultor da corte de Médici.

O legado de Jean Boulogne

Giambologna exerceu enorme influência durante sua vida e em estilos posteriores, principalmente na escultura barroca. Isso perdurou por alguns anos depois, tanto na Itália quanto em outros locais da Europa e do mundo.

Seus alunos fizeram v√°rias obras bonitas que foram rapidamente distribu√≠das pelos est√ļdios da Europa, disseminando um entusiasmo por seu estilo elegante muito al√©m da It√°lia. Eles foram continuamente reproduzidos at√© quase o s√©culo XX.

Mais tarde, seus muitos pupilos, em grande parte, flamengos ou alem√£es, fizeram trabalhos com a mesma estrutura. Isso acabou refor√ßando os m√©todos de assinatura do mestre, embora com varia√ß√Ķes pessoais em seu estilo b√°sico. Bons exemplos dos alunos de Jean s√£o os escultores: Adrian De Vries, Hubert Gerhard,¬†Pierre Puget, e Hans Reichle.

Giambologna ocupa uma posição crucial na história da escultura entre as figuras mais conhecidas de Michelangelo e Bernini (1598-1680). Foi seu estilo energético abriu o caminho para a arte barroca em Roma. Diversos modelos de bronze após o grande escultor continuam sendo alguns dos mais populares no mercado atualmente.

Em suma, Jean Boulogne passou a maior parte de sua vida profissional sob o patrocínio dos Medici. Infelizmente, esse magnífico artista morreu na cidade de Florença em 1608, aos 79 anos.

Leave a Reply